São José, Santa Catarina, Brasil
04 de julho de 2020 | 18:44
Edição Agosto | 2010
Ano XVI - N° 171
Receba nossa newsletter
e-mail
Pesquisar
       
Home
Links úteis
Fale com o Oi
Edições do Oi


Editorial
Parecer
Da Redação
Cidade
Especial
Geral
Educação & Cultura
Tradição
Esportes
Saúde
Social
Colunistas
Empreendedor



Veja também:
Prefeitura de São José construirá nova ponte no bairro Areias
Operação Tapete Preto ganha segunda parte
Receita apreende R$ 2,2 milhões em produtos em Florianópolis e São José
Obras da SC-407 estão novamente paradas
TRE rejeita registro de candidatura de ex-presidente da Câmara de São José
Prefeitura entrega primeiro trecho da Calçada Padrão no bairro Roçado
Bela Vista terá sete ruas pavimentadas
Servidores municipais ameaçam entrar em greve
MP opina que Diário Oficial Eletrônico de São José é constitucional
Notícias do Legislativo
Inaugurada a alça de retorno da Via Expressa em São José
Paulo Bornhausen e César Souza Júnior lançam candidatura em São José
Secretaria de Infraestrutura vai ganhar novo maquinário

Cidade
 
Coleta seletiva do lixo nos bairros de Campinas e Kobrasol é ampliada
Coleta que era feita apenas uma vez por semana agora será de segunda a sábado

Clique na imagem para ampliar.
Para incentivar e aumentar ainda mais a conscientização dos moradores sobre a responsabilidade do destino do lixo produzido, a Prefeitura de São José ampliou a coleta seletiva de resíduos sólidos domiciliares e a coleta seletiva de resíduos sólidos recicláveis, nos bairros Campinas e Kobrasol. A coleta que antes era feita apenas uma vez por semana, agora será realizada de segunda a sábado, das 8:00 às 12:00 e das 13:00 às 16:30.
O lançamento da ampliação da coleta seletiva do lixo foi feito na Praça Raulino Koerich, no bairro Kobrasol. A presidente e fundadora da Associação de Catadores e Recicladores de Lixo (ACARELI), Aparecida Maria da Silva, esteve presente, juntamente com alguns trabalhadores que vivem da reciclagem do lixo.
Todo o material recolhido pela empresa Ambiental Saneamento e Concessões Ltda. no município de São José é destinado à ACARELI, que faz a triagem e separação dos materiais potencialmente recicláveis como papéis, plásticos, vidros e metais. Aparecida Maria da Silva fundou a ACARELI há 16 anos e, atualmente, mais de 40 famílias trabalham na separação das 84 toneladas de lixo reciclável produzidos, por mês, no município de São José. "Temos muitas famílias que dependem desse trabalho com o lixo reciclado, que é, muitas vezes, a única fonte de renda", contou Aparecida Maria, que também disse estar muito otimista com a ampliação dos dias de coleta seletiva.
Para o então secretário de Infraestrutura, Sanderson de Jesus, um dos principais objetivos da ampliação da coleta é fazer com que a prática da separação do lixo se torne um hábito diário para os moradores dos bairros de Campinas e Kobrasol. "A coleta seletiva ainda precisa de uma conscientização maior e ampliá-la é um grande passo para aumentar a responsabilidade de cada um", disse Sanderson.
Segundo a superintendente Interina da Fundação Municipal do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Maria Tereza Kretzer Brandenburg, a ampliação da coleta seletiva é uma reivindicação antiga da comunidade. "O maior problema do lixo é o seu destino. Quando temos a coleta seletiva há a possibilidade da reciclagem, diminuindo o volume de lixo que será levado aos aterros sanitários. Percebemos que aqui em São José as pessoas estão cada vez mais responsáveis com o lixo que produzem", constata Maria Tereza.
Para a ampliação dos dias de coleta do lixo reciclável a Prefeitura terá um custo de R$ 17.950,00 por mês e contará com mais um caminhão, um motorista e dois coletores para executar os trabalhos.

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
 
COPYRIGHT 2009 • TODOS OS DIREITOS RESERVADOS • É PROIBIDA A REPRODUÇÃO DO CONTEÚDO DESSA PÁGINA EM
QUALQUER MEIO DE COMUNICAÇÃO, ELETRÔNICO OU IMPRESSO, SEM AUTORIZAÇÃO ESCRITA DO OI SÃO JOSÉ ON LINE.